Remix

Novo videoclipe de Emicida registra conflitos do Moinho e Pinheirinho

Dedicado às vítimas do Moinho, Pinheirinho, Cracolândia, Rio dos Macacos, Alcântara e "todas as quebradas devastadas pela ganância", o novo videoclipe estrelado pelo rapper Emicida, "Dedo na Ferida", que conta com captação e edição de Nicolas Prado, estreou nessa quarta-feira, 7 de março. O realizador é conhecido por ser parceiro do artista na produtora Laboratório Fantasma, também responsável pelo programa que ele apresenta na MTV Brasil, "Sangue B".

A música usa uma batida mais pesada para remeter ao período em que o rap era mais politizado nos Estados Unidos e também no Brasil, segundo Emicida. Já as imagens em preto e branco mostram crianças, outros anônimos e também o rapper no Moinho e no Pinheirinho. Essas imagens são intercaladas por outras da ação policial. Trata-se, portanto, de um importante registro audiovisual, que, como diz a letra, "ainda é um dedo na ferida" e combina com outros versos da mesma música: "Vi condomínios rasgarem mananciais / A mando de quem fala de Deus e age como Satanás / (Uma lei) Quem pode menos, chora mais / Corre do gás, luta, morre, enquanto o sangue escorre / É nosso sangue nobre, que a pele cobre / Tamo no corre, dias melhores, sem lobby".

Carregando...

YAHOO CELEBRIDADES NO FACEBOOK