Sandy fala sobre striptease, masturbação e filme pornô

Foto: AGNEWSFoto: AGNEWSEmbora a declaração sobre sexo anal para a revista “Playboy” não exponha de fato as intimidades da cantora Sandy, outros depoimentos revelam alguns segredinhos pessoais da artista. Alguns giram em torno de uma ida ao sex shop, a vontade de ir a um clube de swing e sobre masturbação. Confira:

SEX SHOP
“Já fui em sex shop. Acho legal ir. De vez em quando dá curiosidade. Já comprei algumas coisinhas. Mas não vou dizer o quê”.

CLUBE DE SWING
“Já tive vontade de ver. Confesso que até agora só não fui fora do Brasil porque tenho medo de me encontrar com brasileiros e eles saírem falando. Acho que eu não participaria. Principalmente pelo ciúme de ver meu marido com alguém”.

BOATOS DE QUE JUNIOR SEJA GAY
“É engraçado, parece que não adianta saber que ele estava namorando uma mulher. Eu olhava as fofocas e dizia: ‘Ih, gente, vocês não sabem do que estão falando’. Entre os mais próximos, ele sempre teve fama de pegador. Ele sempre foi terrível.”

MASTURBAÇÃO
“Se (as pessoas) não se masturbam, deveriam. É completamente válido. Temos que conhecer o nosso corpo antes de querer que os nossos parceiros conheçam”.

STRIPTEASE
“Eu sou boa em striptease. 'Whatever Lola wants', de Ella Fitzgerald, é uma música perfeita para isso”.

FILME PORNÔ
“Já vi. Tem momentos em que é bem adequado. Acho que os filmes pornográficos poderiam ter menos historinhas e ir direto ao assunto”.

LINGERIE
“Tenho tudo quanto é lingerie que vocês podem pensar. Compro mais quando estou viajando, porque tenho tempo e mais privacidade”.

BEBUM
“Já fiquei e não gostei. Não gosto de perder o controle. Era um Réveillon. Tomei Champagnhe, um pouco de vinho, depois fizemos brincadeiras daquelas de trava-língua na qual quem erra tem de beber um shot de caipirinha. Terminei a noite abraçada com o vaso sanitário”.

Carregando...
Enquete
Carregando...
Opções de escolha da enquete