Em seu aniversário, Bowie presenteia fãs com primeiro disco em dez anos

Londres, 8 jan (EFE).- O cantor britânico David Bowie lançou nesta terça-feira, quando completa 66 anos, um novo single e anunciou o lançamento de um disco para os próximos meses, pondo fim a um jejum de dez anos, informaram os veículos de imprensa britânicos.

"Where Are We Now?" (Onde estamos agora?) é o nome escolhido para a nova música de trabalho do roqueiro, já disponível no iTunes, que o cantor revelou aos fãs nesta terça-feira no Twitter através de sua conta oficial, @DavidBowieReal.

"Deem uma olhada no site agora! Acho que temos uma grande surpresa... Se é que você ainda não 'tropeçou' nisso", dizia um tweet com um link que levava a seu site, que ganhou visual novo para o lançamento.

A volta de Bowie surpreendeu os seguidores, que logo após o anúncio já encheram de comentários o clipe de "Where Are We Now?" no YouTube.

Afastado dos palcos desde 2006, quando fez sua última apresentação em público, o ídolo fez tão poucas aparições que não tardaram a surgir rumores sobre seu estado de saúde, sempre desmentidos por seus amigos mais próximos.

O clipe da faixa, escrita pelo veterano, é assinado pelo artista multimídia Tony Oursler, e pode-se ver o rosto de Bowie projetada sobre um boneco, enquanto ao fundo aparecem imagens do tempo que o cantor passou em Berlim, antes da queda do muro em 1989.

O single é uma antecipação do que poderá ser ouvido no 23º disco de estúdio do cantor, "The Next Day" (O Dia Seguinte) que será lançado em março, uma década depois do último, "Reality".

Bowie, considerado um dos músicos mais relevantes das últimas décadas, ganhou fama em 1969 com "Space Oddity", coincidindo com o ano da chegada do homem à Lua.

Desde então, a música de Bowie passou por todas as fases musicais que permearam os últimos 40 anos, experimentando o rock, o soul, o funk e a música eletrônica.

O último convite que o inglês recebeu para tocar em público foi para a cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de 2012 em Londres, mas um desencontro com o diretor artístico da festa, Danny Boyle, acabou cancelando a participação. EFE

Carregando...
Enquete
Carregando...
Opções de escolha da enquete