Matisse roubado há 25 anos aparece na Grã-Bretanha

Um quadro do pintor francês Henri Matisse roubado há 25 anos do Museu de Arte Moderna de Estocolmo reapareceu no Reino Unido, onde um marchand esperava vendê-lo em nome de um cliente polonês.

"Le Jardin", um óleo de 1920 avaliado em 760 mil euros foi localizado quando o marchand Charles Roberts consultou a base de dados mundial sobre arte roubada, uma prática habitual antes de se vender um quadro de procedência ignorada.

A equipe do Art Loss Register rapidamente identificou a obra como roubada de um museu sueco em 11 de maio de 1987.

Roberts, que dirige a galeria Charles Fine Art, em Essex, na região de Londres, revelou que o cliente polonês possuía o quadro desde os anos 90, após comprá-lo de "boa fé".

"Realmente, não esperava que fosse roubado. É uma surpresa", explicou Roberts à AFP. "Teria sido um bom negócio para todos, mas não deu. Quando me informaram a situação apenas poderia devolvê-lo".

A obra foi entregue ao especialista Christopher Marinello, que devolverá o quadro ao Museu de Arte Moderna de Estocolmo.

Carregando...
Enquete
Carregando...
Opções de escolha da enquete