Raio X Restart: Quem influenciou quem?

O Happy Rock de Pe Lanza engloba influências de Fresno a Beatles. Quer apostar?

Você pode não gostar (ou até mesmo fazer questão de odiar), mas o Restart é um dos grupos mais bem sucedidos do rock brasileiro contemporâneo. Em tempos de vazamento de discos na internet antes do lançamento, compartilhamento livre de arquivos de áudio pelas redes sociais e derrocada da indústria fonográfica mundial, Pe Lanza (vocais e baixo), Pe Lu (guitarra e vocais), Koba (guitarra e vocais) e Thomas (bateria) são uma das poucas bandas que ainda conseguem números expressivos como venda de 100 mil cópias com um álbum de estréia. Porém, nem sempre sucesso comercial é sinônimo de unanimidade entre os fãs e críticos de rock. É só lembrar que até mesmo o Led Zeppelin já foi execrado pela imprensa especializada de sua época, recebendo duras críticas no início da carreira.

Comparações exageradas à parte, o que se sabe sobre a banda? Em 2008, ainda com o nome de C4, os rapazes faziam um som influenciado pelo que despontava nas rádios brasileiras da época: o emocore (rock com melodias e letras açucaradas) catapultado por bandas como NX Zero e Fresno. Em 2009, o quarteto mudou seu nome para Restart e passou a seguir os passos de grupos americanos como All Time Low e Forever The Sick Kids, misturando a sonoridade do emocore mais radiofônico com letras alegres, roupas com tons extravagantes e guitarras domesticadas. O tal happy rock (termo inventado pela própria banda) ceifou especialmente o público feminino jovem e as faixas "Recomeçar" e "Levo Comigo" ganharam força no cenário musical brasileiro por meio de sites como MySpace e YouTube. Com três discos na bagagem em uma trajetória curta, o grupo garantiu prêmios baseados na força de seus fãs na internet e o desprezo dos roqueiros mais tradicionalistas.

Mas o que explicaria o fascínio que o Restart exerce sobre o público pré-adolescente? Roupas coloridas e letras românticas não são novidade no mundo da música, como veremos a seguir.

O Restart foi influenciado por...

NX Zero

Banda paulista formada em 2001, composta atualmente por Diego Ferrero (vocal), Leandro Rocha (guitarra e segunda voz), Daniel Weksler (bateria), Conrado Grandino (baixo) e Filipe Ricardo (guitarra). Auxiliados pelo produtor Rick Bonadio, o grupo cravou vários sucessos nas rádios brasileiras, como "Cedo Ou Tarde" e "Razões e Emoções". O grupo é claramente um dos principais responsáveis pela popularização do emocore nas rádios brasileiras. Assim como o Restart, as letras do grupo são baseadas em temas sentimentais.

Fresno

Fresno é uma banda formada em Porto Alegre em 1999. Os membros atuais são Lucas Silveira (vocal e guitarra, Gustavo Mantovani (guitarra), Mário Camelo (teclado) e Rodrigo Ruschell (bateria). Assim como o NX Zero, as canções do Fresno também trazem temas que circulam entre desilusões amorosas e demais questões sentimentalista. Além disso, a banda também era alvo do preconceito de muitos roqueiros durante a onda emo, por conta de seu visual exagerado. Mas ao poucos, com o lançamento do álbum Revanche e posteriormente o EP Cemitério das Boas Intenções, a banda começou misturar sons mais pesados como hard rock e rock industrial em seu caldeirão de influências.

All Time Low

Com certeza a influência mais direta no som de Pe Lanza e cia. Banda americana formada pelo vocalista e guitarrista Alex Gaskarth, o guitarrista Jack Barakat, no baixista Zack Merrick e baterista Rian Dawson, o All Time Low surgiu em 2003 e já possui cinco discos no currículo: The Party Scene (2005), So Wrong, It's Right (2007), Nothing Personal (2009), Dirty Work (2011) e Don't Panic (2012). As semelhanças são tão berrantes que se você colocar pra tocar alguma música do All Time Low dá até para pensar que é o Restart compondo em inglês. Existe até mesmo uma polêmica que afirma que o sucesso "Recomeçar" seria um plágio da canção "The Beach" do ATL.

Bandas similares

Cine

Composto pelo vocalista Diego Silveira (DH), o baixista Bruno Prado, o guitarrista Danilo Valbusa, o baterista David Casali e o tecladista Pedro Caropreso, o Cine despontou na mídia um pouco antes do Restart, também abusando de roupas coloridas e mantendo um forte apelo junto ao público pré-adolescente. Porém, em seu segundo álbum, Boombox Arcade, o grupo tratou de se esforçar para se desvencilhar do rótulo de Happy Rock, investindo mais em sons eletrônicos. Ainda assim, não foi o bastante para que a crítica os levasse a sério.

CW7

Formada pelos irmãos Wicthoff - Gustavo (guitarra), Leonardo (baixo) e Paulo (bateria)- e a prima Amanda (vocal), a CW7 despontou para o público em 2010 com seu segundo álbum, O que Eu Quero pra Mim. Em 2011 a banda lançou um álbum homônimo produzido por Guto Campos (o mesmo produtor do Restart), com a canção "Me Acorde pra Vida" como carro-chefe.

Tem (um pouco) a ver...

Polegar

Provavelmente o público juvenil do Restart nunca ouviu falar no Grupo Polegar, mas essa banda que marcou época no final dos anos 1980 e início dos anos 1990 tem uma trajetória bem parecida com Pe Lanza e cia. Recorde de público em quase todas as cidades em que se apresentavam por todo o Brasil, o Polegar foi o fenômeno musical da época. Com canções como "Dá Pra Mim", "Ela Não Liga" e "Quero Mais", a banda alcançou discos de ouro e platina com mais de quinhentas mil cópias vendidas. Depois de três discos lançados, em 1994 o quarteto original se desfez e encerrou suas atividades oficialmente em 1997. O grupo ensaiou uma volta em 2004, com um novo disco e três integrantes da formação original: Alex, Alan e Ricardo, mas não passou disso e a banda novamente encerrou as atividades.

Hanson

Lembra dos Hanson? Formado em 1992 pelos irmãos Isaac (guitarra e voz), Taylor (piano e voz) e Zachary, o trio conquistou milhões de fãs fanáticas em 1997 com o hit "Mmmbop". Amados pelas meninas e execrados pelos meninos,o grupo não repetiu o mesmo sucesso do disco Middle of Nowhere, de 1997. Mas a banda foi amadurecendo seu som pop com influências de soul e R&B e ainda está na ativa, com dez discos no currículo.

The Beatles

No final de 2011, o Restart resolveu deixar um pouco de lado as roupas coloridas e apareceu com um visual bem mais sóbrio - segundo a própria banda, inspirado nos Beatles. Mas até mesmo na fase inicial a banda pode lembrar de longe (assim, bem de longe) a extravagância colorida da fase psicodélica do quarteto de Liverpool, marcada pelo encarte do álbum Sgt Peppers Lonely Hearts Clubs Band. E quando o fabfour surgiu na década de 60, John Lennon, Paul McCartney, Ringo Starr e George Harrison arrastavam multidões de meninas enlouquecidas aos seus shows - assim como o Restart faz hoje em dia. Entretanto, será que um dia o Restart vai conseguir superar sua "fase iê-iê-iê" e gravar um álbum branco?

Carregando...
Enquete
Carregando...
Opções de escolha da enquete
Carregando...